Ciclo de Debates em Gestão Educacional

11/12/2019

Sobre

Ciclo de Debates em Gestão Educacional já está na agenda dos gestores públicos da Educação de todo o Brasil desde 2011, quando o Itaú Social deu início a essa série de encontros com o objetivo de ampliar as discussões sobre as estratégias para a melhoria da qualidade da educação pública. Tradicionalmente, o evento acontece em São Paulo com a presença de gestores de todo o Brasil e convidados nacionais e internacionais. Porém, em 2019, há uma novidade: além da capital paulista, outras três cidades fizeram parte da programação: São Luís (MA), Aquiraz (CE) e Várzea Grande (MT).

Ao levar os debates para outras localidades, o Itaú Social ampliou o alcance do evento, enriquecendo as discussões com parceiros locais que trabalham na ponta, diretamente com Educação. Para tanto, também entrou em cena uma segunda novidade do Ciclo de Debates de 2019: a articulação com Redes de Territórios Educativos – programa do Itaú Social que visa reunir diversos atores do território para a construção de um projeto comum voltado para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes.

Desenvolvimento Integral

As artes, os esportes e os jogos são mesmo fundamentais na vida de uma criança ou de um adolescente? Até que ponto vai sua importância em um país como o Brasil, marcado por tantas desigualdades? O tema do Ciclo de Debates em Gestão Educacional 2019 veio ao encontro de uma preocupação dos educadores em como promover a educação integral das crianças e adolescentes, ou seja, o desenvolvimento do indivíduo em todas as suas dimensões: intelectual, física, social, emocional e cultural.

Convidados

A convidada internacional foi a neurocientista Adele Diamond, da Universidade de British Columbia, no Canadá, cujas pesquisas têm um papel importante em mostrar porque as sociedades não podem menosprezar o valor da arte, do brincar e dos esportes. Ela falou sobre as funções executivas do cérebro – aquelas que auxiliam no planejamento, na realização de ações e no controle de respostas impulsivas – entre outras habilidades cognitivas sofisticadas que envolvem raciocínio. O trabalho da pesquisadora aborda a importância da música, dos esportes e do brincar durante o processo educativo. Adele Diamond traz evidências de que o desenvolvimento cognitivo fica seriamente comprometido quando não se dá a mesma atenção às dimensões físicas, emocionais e sociais de cada indivíduo.  

Os outros convidados foram o educador Lino de Macedo, da Universidade de São Paulo (USP), psicólogo especializado em Jean Piaget e pesquisador sobre o valor dos jogos como recurso de observação e promoção dos processos de aprendizagem; e o economista Flávio Comim, professor das universidades de Ramon Llull e Cambridge, que apresentou a revisão de literatura que realizou sobre a relação entre as artes, os esportes e o desenvolvimento humano integral com foco em crianças do Ensino Fundamental.  

Adele Diamond e Lino de Macedo acompanharam o Ciclo de Debates nas quatro cidades, entre os dias 25 de novembro e 11 de dezembro de 2019.